:::
Geral
12/04/2019

Prefeitura e agricultores discutem ações para 2019 na área rural de Paulo Afonso


Por: Ascom/PMPA



Em encontro com os agricultores, o prefeito ouviu opiniões, sugestões e reivindicações dos produtores e ratificou o compromisso de seu governo

A chegada das primeiras chuvas do ano traz ao homem do campo a esperança de boa colheita. Mas, para isso é necessário preparar a terra para plantar as sementes e, para isso, a Prefeitura de Paulo Afonso, por meio da Secretaria de Agricultura e Aquicultura, tem se empenhado nas ações que visam contribuir com os agricultores, ofertando mecanismos para facilitar os trabalhos de aração de terras, limpeza de barragens e transporte de água.

Em reunião que aconteceu nesta quarta-feira (10), no auditório Edison Teixeira, o prefeito Luiz de Deus e o secretário de Agricultura e Aquicultura, Jandirson Campos Torres, fizeram um balanço das atividades desenvolvidas na área rural desde o início da atual gestão.

O prefeito Luiz de Deus ouviu opiniões, sugestões e reivindicações dos produtores e ratificou o compromisso de seu governo em atender as demandas da população rural e trabalhar cada vez mais para que os produtores tenham uma melhor e maior facilidade de produzir. Um dos assuntos discutidos foi a contribuição da Prefeitura com o fornecimento de combustível para os tratores na aração de terras.

 “Nosso objetivo, ao ouvir a opinião de vocês, moradores do campo, é melhorar os serviços do Governo Municipal na área rural. Tivemos uma queda de 40% na receita, e isso dificulta a realização de muitas ações, mas tenham certeza de que vamos continuar trabalhando com o propósito de melhorar a vida do homem do campo, e para isso, necessitamos da ajuda de cada um de vocês. Trabalhar com seriedade é atender as necessidades da população”, concluiu.

Para mais de 70 representantes de associações comunitárias presentes, Jandirson destacou o programa Campo Forte como uma das principais ferramentas criadas pela Prefeitura para transformar o município em um dos maiores produtores de leite da região. Alexandre Menezes, representante da Associação de Produtores do Sítio do Tará, é um exemplo do sucesso do programa. Depois que recebeu as raquetes da palma forrageira produzida no viveiro do povoado Baixa do Boi, ele aumentou sua produção diária de leite de 130 para 330 litros.

Lançado em 2018, o programa Campo Forte já distribuiu 2 milhões e 600 mil raquetes de palma forrageira, espécie comum nas regiões de caatinga, resistente a altas temperaturas e à Cochonilha do Carmim, uma praga que se alimenta da seiva da palma comum, destruindo a plantação em poucos meses. Ainda segundo o secretário, atualmente 12 tratores ajudam as associações nos trabalhos diários. Além disso, a máquina perfuratriz adquirida pela Prefeitura já perfurou mais de 40 poços artesianos em várias localidades.

Além do prefeito Luiz de Deus e do secretário Jandirson, participaram do encontro, o presidente da Câmara Pedro Macário Neto e os vereadores Marcondes Francisco, Marconi Daniel, Alexandro Fabiano (Leco), Leda Chaves e Zé de Abel; secretários de governo e servidores da Secretaria de Agricultura e Aquicultura.

 

 


Anteriores
1 até 30 de 1266
  Próximo »  

ASSISTA AO VIVO
PUBLICIDADE

Nosso foco é o seu crescimento, sua empresa
Divulgue sua marca aqui
Sua marca aqui
Aparaça aqui, divulgue sua marca. vem com a gente
Venha crescer com a gente
Sua marca aqui
sua marca aqui
PMPA UTI
PMPA
PMPA UTI
PMPA
PMPA UTI
Alpha
Todos os direitos reservados - 2016