:::
Política
05/04/2019

Durante sessão, vereador Geraldo Xavier solicita pedido de vista de denúncias contra gestão municipal


Por: Veruscka Alcântara



Presidente concedeu prazo regimental de até dez dias para apreciação dos documentos


A sessão realizada na Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (4) foi marcada pela pauta com denúncias contra a administração municipal. Ao todo, oito acusações foram protocoladas na Casa Legislativa, por cidadãos, apontando supostas irregularidades.

A vasta quantidade de documentos fez com que o vereador Geraldo Xavier solicitasse pedido de vista ao presidente, sob o argumento de necessitarem de apreciação detalhada.
Ao receber o pedido do vereador, o presidente Ezequiel de Carvalho Costa (Kel), concedeu o prazo de até dez dias para que o mesmo se manifeste.

O vereador Cacau ressaltou que o pedido de vista é uma prerrogativa do parlamentar, mas, antes do presidente conceder o tempo determinado, pediu que fosse cedido um prazo de uma hora, para que as denúncias fossem apreciadas ainda na reunião e assim correr o trâmite da investigação.
“Gostaria que o presidente concedesse o pedido de vista de até uma hora, como já aconteceu em outras sessões aqui nesta Casa, e assim apreciarmos essas denúncias ainda hoje. Deixo registrado o meu voto contra a decisão desse prazo do pedido de vista”, ressaltou. Durante a sua explanação, o vereador apontou algumas irregularidades que estavam acontecendo no município. 

Seguindo a mesma posição do colega, os vereadores Marcos Costa, Francisco de Assis Pereira (Kinho), Enoque Batista e Júnior Lisboa também se manifestaram. “Quero declarar meu voto, que sou contra o prazo do pedido de vista e minha intenção é investigar. Não estamos condenado ninguém, apenas pedido que esta Casa cumpra o seu papel”, ressaltou Júnior Lisboa.

“Não podemos aceitar o que vem acontecendo com nosso município. Queremos que investigue essas denúncias de improbidade”, falou Enoque. Para Kinho, os parlamentares devem cumprir o seu papel. “É preciso deixar que essa Casa fiscalize o governo para saber o que realmente está acontecendo”, disse.

Em defesa do vereador Geraldo Xavier e do gestor, Pedro Paulo reforçou a legalidade do pedido de vista. “O nosso regimento é claro quanto ao pedido de vista e quem concede esse prazo é o presidente. Li agora as denúncias e vejo que foram um copiar e colar, são todas sob a mesma ótica, inclusive com palavras iguais, não tiveram nem o trabalho de fazer cada uma delas diferente. Mas me comprometo em debruçar e estudar minuciosamente cada uma delas, mas não esperem de mim agir de maneira irresponsável porque primarei sempre pela democracia”.

A vereadora Fabíola também solicitou que contasse em ata que recebeu as denúncias nesta quinta-feira. “Se essas denúncias tiverem fundamento acredito que essa Casa cumprirá o seu papel e se não tiver, será arquivada. O que estamos solicitando é um prazo para apreciação”.

Após a manifestação dos vereadores, o presidente Kel frisou que a Câmara irá cumprir com o que lhe é devido e reforçou que passará cópia dos documentos para todos os vereadores, para que os mesmos possam apreciar as denúncias. “Vou pedir a secretaria para que as cópias chequem a cada um de vocês o mais breve possível para que possam apreciar. Gostaria de ressaltar que vou fazer cumprir o regimento, não estou do lado A nem do lado B”, enfatizou.

Ainda estiveram presentes à reunião os vereadores Raimundo Valter (Casagrande) e Henriqueta Eva Cardeal. A sessão contou com grande público, que lotou o plenário da Casa Legislativa.


Anteriores
1 até 30 de 112
  Próximo »  

ASSISTA AO VIVO
PUBLICIDADE

Divulgue sua marca aqui
Nosso foco é o seu crescimento, sua empresa
Sua marca aqui
Aparaça aqui, divulgue sua marca. vem com a gente
Venha crescer com a gente
sua marca aqui
Sua marca aqui
PMPA
PMPA UTI
PMPA
PMPA UTI
PMPA UTI
Alpha
Todos os direitos reservados - 2016